25 de January de 2022
nombre generico prensa latina

notícia

nombre generico prensa latina
Bandera portugal
Edição Portuguesa

NOTICIAS

Sorteios de empregos entre desempregados continuam no Uruguai

Sorteios de empregos entre desempregados continuam no Uruguai

Montevidéu, 27 de mai (Prensa Latina) O Ministério do Trabalho e as 19 prefeituras do Uruguai avançam hoje no sorteio de 15 mil empregos parciais paliativos para aqueles que aspiram a 227 mil desempregados devido à crise econômica no país.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Os chamados Dias de Solidariedade na sua proposta original, e agora no programa ‘Oportunidade de Trabalho’, consistem em 12 dias de limpeza, manutenção e cuidado das instalações durante seis meses com um salário de 300 dólares.

Dos que compareceram à convocatória, entre 18 e 65 anos, 60 por cento eram mulheres, com a exigência para todas ‘não receberem qualquer subsídio salarial, público ou privado, nem subsídio de desemprego, por doença, reforma, pensão ou outra remuneração de carácter pessoal’.

Ontem foram sorteadas cotas nos cinco primeiros departamentos e os demais seguem até o final de semana, com Montevidéu com o maior número, quatro mil, e cuja prefeita, Carolina Cosse, aumentou as cotas regulamentadas por lei para afrodescendentes, trans e deficientes. grupos.

Ao anunciá-lo, a líder comunitária reiterou sua conhecida proposta ao governo nacional de gerar mais empregos por meio de investimentos em obras rodoviárias e outras infraestruturas.

Assim que se soube do cadastramento inicial de 250.605 necessitados, o ex-presidente uruguaio, José Mujica, considerou a iniciativa positiva apesar de ser ‘um remendo’ e criticou as ‘políticas de cortes e reajustes’.

‘Assusta a quantidade de pessoas que se inscreveram para ver se pegam a possibilidade desse pequeno emprego, que embora um pouco tarde, o governo concordou ’em oferecer e ‘com certeza teremos que lutar para que se multiplique’, afirmou. disse ao rádio.

Mujica disse que deixando de lado a pandemia Covid-19 e o alto número de mortes que ela provoca todos os dias, ‘nenhum problema é mais forte do que a falta de trabalho, esse é o dilema que temos hoje.

O Ministério do Trabalho reconheceu que pelo menos 60.000 empregos formais foram perdidos, enquanto cerca de 100.000 uruguaios ficaram abaixo da linha da pobreza em 2020, de acordo com um estudo da Universidade da República.

agp / hr / fav

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO
Logo Horizontal Prensa LAtina

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.