3 de December de 2021

NOTICIAS

Nepal lidera estudos de leopardo da neve

Nepal lidera estudos de leopardo da neve

Kathmandu 17 Mai (Prensa Latina) Um estudo recente mostrou que o Nepal lidera os países que compartilham a área de habitat do leopardo-das-neves em termos de conservação dessa espécie ameaçada, informou hoje o jornal Nepali Times.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

O trabalho do World Wide Fund for Nature ‘Mais de 100 anos de pesquisa sobre o leopardo da neve’ indica que 74 por cento do habitat deste felino no norte do Nepal é objeto de pesquisa, diz o jornal.

Os países com mais tarefas desse tipo são Nepal, Índia, China, Mongólia e Paquistão, nessa ordem, acrescenta a fonte.

O Nepal é o quarto país com maior população desse felino, depois da China, Mongólia e Índia, em uma área bem menor, e estima-se que tenha 359 exemplares, 320 deles no oeste do país.

O leopardo da neve está na categoria vulnerável da Lista Vermelha de Espécies Ameaçadas da União Internacional para Conservação da Natureza e, globalmente, pode haver apenas quatro mil indivíduos restantes.

O que ajuda a salvar esta espécie ameaçada de extinção é que ela habita o terreno montanhoso mais inóspito do mundo, mas a situação muda à medida que novas estradas melhoram o acesso, aumentando sua vulnerabilidade.

O terreno acidentado apresentou desafios logísticos para o estudo, disse Rishi Kumar Sharma, principal autor do artigo, que se concentrou na pesquisa ecológica, conflitos entre humanos e animais selvagens e as dimensões socioecológicas de sua distribuição.

E se a perda de habitat, a degradação e a caça furtiva contribuem para o declínio do leopardo da neve, outra nova ameaça vem da crise climática, com o derretimento dos mantos de gelo das montanhas.

jf/abm/jcfl

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.