1 de December de 2021

NOTICIAS

México, EUA e Canadá dialogam sobre acordo comercial

México, EUA e Canadá dialogam sobre acordo comercial

México 17 Mai (Prensa Latina) México, Estados Unidos e Canadá realizarão hoje suas primeiras conversações formais sobre o Acordo de Livre Comércio (T-MEC), para tratar especificamente das obrigações trabalhistas e ambientais de cada parte.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Esta é precisamente uma das questões mais espinhosas do acordo tripartite, especialmente entre os Estados Unidos e o México, onde existem muitas discrepâncias em relação às leis trabalhistas que cada país aplica e que são muito sensíveis.

Isso se deve à estreita conexão nas relações de trabalho, já que nos Estados Unidos existe uma importante massa de mexicanos que inclui não só os 37 milhões de residentes no país vizinho, mas também os milhares de braceros ou trabalhadores sazonais que os agricultores empregam na colheita.

Ao mesmo tempo, os empresários do outro lado do Rio Grande têm dezenas de maquiladoras do lado mexicano, das quais as mais importantes e que empregam grande número de trabalhadores são as do setor automobilístico.

As discrepâncias, ainda em vigor, residem basicamente nas diferentes abordagens de cada nação sobre direitos trabalhistas, benefícios sociais e até terceirização, e foram aquelas que, na época de Donald Trump, interromperam e atrasaram a assinatura do T-MEC.

De acordo com o anúncio das partes, os chefes de Comércio dos três países vão se reunir virtualmente hoje, segunda-feira e amanhã, terça-feira, para discutir o pacto, que entrou em vigor em julho de 2020.

Essas autoridades receberão atualizações sobre o trabalho já em andamento para promover a cooperação e manterão discussões robustas sobre as obrigações ambientais e trabalhistas históricas do T-MEC, disse o escritório da Representante Comercial Katherine Tai em Washington.

Este anúncio foi replicado no México pelas autoridades correspondentes, mas sem fornecer detalhes.

No entanto, fontes próximas à secretaria mexicana disseram que os Estados Unidos estão testando as disposições do novo acordo que visa fortalecer os sindicatos neste país.

A observação está relacionada a um pedido na semana passada ao México para investigar supostos abusos em uma fábrica da General Motors instalada neste território.

mem/lma/jcfl

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.