2 de July de 2022
nombre generico prensa latina

notícia

nombre generico prensa latina
Bandera portugal
Edição Portuguesa

NOTICIAS

China pede aos EUA responsabilidade no conflito Israel-Palestina

China pede aos EUA responsabilidade no conflito Israel-Palestina

Pequim 17 Mai (Prensa Latina) A China pediu hoje aos Estados Unidos que ajam com responsabilidade e deixem de obstruir os esforços da ONU para acabar com o derramamento de sangue no conflito entre Israel e Palestina.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Zhao Lijian, porta-voz do Ministério das Relações Exteriores, considerou que Washington deve desempenhar um papel construtivo e apoiar a busca de uma solução política ao invés de bloquear qualquer iniciativa favorável ao fim dos confrontos.

A China, disse ele, como presidente temporário do Conselho de Segurança das Nações Unidas, exigiu repetidamente um cessar-fogo e pediu ajuda humanitária aos civis, mas obstáculos na Casa Branca impediram a adoção de uma resolução.

O porta-voz reiterou a condenação à violência contra a população e exigiu o fim dos ataques ou outra ação que agrave ainda mais as tensões.

Ele pediu a Israel que cumpra as resoluções da ONU, evite demolir casas palestinas, despejar os proprietários e expandir seus assentamentos.

Ele também o exortou a não perseguir os muçulmanos e a respeitar o status de Jerusalém como local sagrado.

Nos últimos dias, a China se manifestou várias vezes contra a violência e a favor de desarmar o conflito israelense-palestino.

No dia anterior, o ministro das Relações Exteriores, Wang Yi, conduziu outro debate sobre o assunto na ONU, apresentou quatro propostas destinadas a conter as hostilidades, defendeu o estabelecimento de dois Estados e trouxe as partes em disputa à mesa de negociações.

Enquanto isso, o Ministro das Relações Exteriores e Expatriados da Palestina, Riyadh al-Maliki, exigiu do Conselho de Segurança que houvesse justiça para os crimes cometidos por Israel contra seu povo.

Em seu discurso, ele denunciou como as forças militares de Tel Aviv executam famílias inteiras em território ocupado e continuam a expulsar compatriotas de Jerusalém.

Tais atos são crimes contra a humanidade, frisou ele, é esse o nome que levam, e as autoridades israelenses devem responder por isso e parar suas políticas coloniais.

mgt/ano/jcfl

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO
Logo Horizontal Prensa LAtina

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.