29 de November de 2021

NOTICIAS

Debate na ONU sobre a escalada do conflito entre Israel e Palestina

Debate na ONU sobre a escalada do conflito entre Israel e Palestina

Nações Unidas, 16 mai (Prensa Latina) O Conselho de Segurança da ONU realiza hoje um debate aberto via videoconferência para abordar a escalada do conflito entre Israel e Palestina, que alarma a comunidade internacional.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Embora esta questão tenha sido o foco das recentes reuniões daquele corpo de 15 membros, eles ainda não publicaram sequer um comunicado de imprensa expressando sua posição sobre o assunto, enquanto muitas nações do mundo condenam o aumento da violência naquela região e os contínuos bombardeios de Tel Aviv contra a Faixa de Gaza.

Na véspera, em nações de várias latitudes – como Iraque, Reino Unido e Alemanha – foram realizadas manifestações e condenações governamentais devido ao aumento da agressão das forças israelenses contra os territórios palestinos ocupados.

Na sexta-feira passada, o Secretário-Geral da ONU, António Guterres, exigiu o fim imediato dos combates na Palestina e em Israel, reiterando que só uma solução política sustentável conduzirá a uma paz duradoura.

Por meio de um comunicado divulgado por seu porta-voz, Stephane Dujarric, a manchete enfatizava que a escalada militar em curso causa grande sofrimento e destruição.

Esses confrontos custaram dezenas de vidas de civis, incluindo, tragicamente, muitas crianças, lamentou o diplomata português.

‘A luta pode desencadear uma crise humanitária e de segurança imparável e alimentar ainda mais o extremismo, não apenas no território palestino ocupado e em Israel, mas na região como um todo.’

Guterres frisou que as partes devem permitir que se intensifiquem os esforços de mediação, com vista ao fim imediato dos combates.

A ONU está ativamente envolvida em tais ações, que são cruciais para entregar a tão necessária ajuda humanitária às pessoas afetadas na Faixa de Gaza, disse ele.

Embora os membros do Conselho de Segurança e a maior parte da comunidade internacional apoiem a solução de dois Estados: Israel e Palestina, e rejeitem as tentativas de ocupação e anexação de Tel Aviv, Washington há anos obstrui os esforços diplomáticos nesse sentido.

Em várias ocasiões, os Estados Unidos exerceram seu direito de veto no Conselho para impedir a aprovação de resoluções que se opõem às ações de Tel Aviv e condenam sua expansão para o território palestino, considerado ilegal e em violação do direito internacional.

jcm / ifb /bm

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.