4 de July de 2022
nombre generico prensa latina

notícia

nombre generico prensa latina
Bandera portugal
Edição Portuguesa

NOTICIAS

É pouco provável que aumente a incidência da Covid-19 na Rússia

É pouco provável que aumente a incidência da Covid-19 na Rússia

Moscou, 15 mai (Prensa Latina) De acordo com o imunologista Vladislav Zhemchugov 'é possível que se registre um aumento da Covid-19 na Rússia, se aparecer um tipo de vírus resistente à imunidade existente, mas essa possibilidade é improvável', informou hoje a imprensa local.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Ele também citou o exemplo da Índia, onde durante a primeira etapa da pandemia poucos casos foram relatados, porém agora há um ressurgimento da doença na origem, marcada pela presença de uma nova cepa do coronavírus SARS-CoV-2.

‘Isto pode acontecer em nosso país se chegar um vírus muito diferente do anterior, ao qual a imunidade atual não reagirá, mas isto é muito improvável’, disse o especialista à agência de notícias TASS.

Ele enfatizou a importância de monitorar a imunidade de rebanho em cada região da Rússia, incentivando a vacinação e aumentando o fornecimento de medicamentos a locais onde a porcentagem de pessoas com imunidade ao coronavírus é baixa.

‘Eu realmente gostaria de ver dados sobre testes de anticorpos de pessoas por região, porque o sucesso da vacinação depende disso em geral’, disse ele.

Zhemchugov explicou que com tais informações é possível contar quantas pessoas não estiveram em contato com o vírus e prever quando parar de tomar medidas de proteção.

Ele citou o exemplo de Moscou, onde, de acordo com suas estimativas, 70% ou mais da população já tem imunidade, enquanto em outras regiões do país esse número pode ser pequeno, o que faria com que a incidência da doença ‘explodisse rapidamente lá’, disse ele.

A vacinação em massa da população adulta acima de 18 anos de idade começou nas regiões da Rússia em 18 de janeiro.

O primeiro ministro russo Mikhail Mishustin informou que mais de 24 milhões de russos já receberam a primeira dose da droga contra o Covid-19 ou já completaram o processo.

Ele também destacou a necessidade de formar uma imunidade coletiva contra o Covid-19 até o final do ano e exortou os cidadãos a se vacinarem.

Na Rússia, de acordo com a sede operacional federal de luta contra o coronavírus, foram registrados 4.922.901 casos positivos desde o início da pandemia, 4.537.634 pessoas se recuperaram e 115.116 morreram.

ga/mml/vmc

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO
Logo Horizontal Prensa LAtina

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.