2 de December de 2021

NOTICIAS

População de urubus diminui no Nepal

População de urubus diminui no Nepal

Kathmandu, 14 de mai (Prensa Latina) Comunidades e naturalistas no Nepal buscam salvar o abutre da extinção, cuja população caiu de 1,6 milhão de indivíduos na década de 1980 para menos de 20 mil hoje, informou a notícia.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

No mês passado, 35 urubus de cauda branca, 31 grifos do Himalaia, dois cinerianos e um abutre de bico fino foram encontrados mortos, informou o Nepali Times.

Das nove espécies de abutres do Nepal, quatro estão em perigo crítico e três estão na categoria de quase ameaçada, de acordo com a União Internacional para a Conservação da Natureza.

Os cientistas determinaram, anos atrás, que o analgésico diclofenaco usado para tratar o gado doente causa esse declínio.

Resíduos de esteroides em carcaças de gado causam insuficiência renal em abutres, e estudos indicam que apenas 30 mililitros da droga podem matar até 800 deles.

Ankit Bilas Joshi da Associação Nacional de Conservação de Aves, disse que apesar da proibição do diclofenaco, outras drogas não esteroides tóxicas para abutres e águias estão sendo usadas.

Os urubus têm má reputação por se alimentarem de restos animais, mas essa percepção diminui sua contribuição para o equilíbrio natural, pois, ao consumir carniça, reduzem a disseminação de doenças entre humanos e animais.

oda / abm / cm

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.