22 de January de 2022
nombre generico prensa latina

notícia

nombre generico prensa latina
Bandera portugal
Edição Portuguesa

NOTICIAS

Transporte em Cuba e danos causados pelo bloqueio dos Estados Unidos

Transporte em Cuba e danos causados pelo bloqueio dos Estados Unidos

Havana, 13 mai(Prensa Latina) O bloqueio dos Estados Unidos a Cuba afeta hoje o setor de transportes, pois impede o acesso a determinados fornecedores de combustível e causa perdas de mais de 312 milhões de dólares em um ano.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Isso se reflete no relatório que a ilha apresentará às Nações Unidas no dia 23 de junho para exigir mais uma vez o fim do cerco a Washington.

Entre abril de 2019 e março de 2020, as medidas coercivas aprovadas pela administração anterior de Donald Trump causaram a interrupção dos contratos e efeitos no sistema de transporte da ilha.

De acordo com o relatório, a empresa Consultores Marítimos S.A reportou um prejuízo de $ 160.000, devido ao fato de que as companhias de cruzeiros não receberam autorização para operar nos portos cubanos.

‘Esta situação fez com que a maioria das empresas optasse pelo cancelamento total de seus vínculos com empresas cubanas e pelo fechamento dos contratos firmados’, diz o texto.

Devido ao aumento do bloqueio norte-americano, prossegue o documento, não foi possível adquirir o combustível de aviação B-100 previsto para agosto, setembro e outubro de 2019.

Diante de tal cenário, 2.500 horas produtivas de voo não foram executadas e isso representou um impacto de aproximadamente US $ 855 mil 229.

‘A empresa Ómnibus Nacionales registrou prejuízos à produção e aos serviços superiores a 51 milhões de dólares’ em decorrência das proibições à chegada de abastecimento de combustíveis, informou a Chacelaria.

Por este mesmo motivo, entre setembro e dezembro de 2019, Cuba notificou danos ao transporte público urbano de ônibus.

O Estado calculou que ‘75,8 milhões de passageiros deixaram de ser transportados em 2019, ante 2018. Com isso, perderam uma receita de US $ 21 milhões’.

Apesar desses números e do uso de mais de 240 medidas coercitivas pelos Estados Unidos, o Governo da ilha fez um apelo à modernização do setor de transportes com uma abordagem interdisciplinar por meio do uso da ciência, tecnologia e inovação.

Recentemente, o presidente do país caribenho, Miguel Díaz-Canel, pediu um melhor aproveitamento dos conselhos técnicos consultivos, a formação de mão de obra qualificada, a informatização e o sistema ferroviário.

Segundo o Chancelaria, o bloqueio constitui o maior obstáculo ao desenvolvimento nacional e uma violação dos direitos humanos.

‘Os prejuízos acumulados em seis décadas são de 144 mil 413 milhões de dólares e, entre abril de 2019 e março de 2020, a ação causou prejuízos de mais de cinco bilhões de dólares, número recorde para um ano’, disse.

msm / idm/glmv

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO
Logo Horizontal Prensa LAtina

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.