29 de November de 2021

NOTICIAS

Secretário-Geral da ONU continua a visita oficial à Rússia

Secretário-Geral da ONU continua a visita oficial à Rússia

Moscou, 13 mai (Prensa Latina) O Secretário-Geral das Nações Unidas (ONU), António Guterres, continua hoje sua visita a esta capital, onde poderia realizar uma videoconferência com o presidente russo Vladimir Putin.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Antes de deixar Nova Iorque para Moscou, o chefe da ONU referiu-se à possibilidade de uma reunião virtual com o presidente russo durante sua estadia em Moscou até amanhã, 14 de maio.

O vice-embaixador da Rússia na ONU, Dmitry Polianski, também advertiu à imprensa que Guterres teria ‘um programa diplomático e cultural muito intenso’ na capital russa.

No dia anterior, o Secretário-Geral da ONU e o Ministro das Relações Exteriores russo, Sergey Lavrov, realizaram conversações oficiais nas quais analisaram os principais conflitos globais do momento.

O chefe da ONU destacou a importância das conversações desde o início da visita, observando que seu interlocutor é fundador do organismo internacional, membro de seu Conselho de Segurança e membro ativo da Organização.

De acordo com os dois diplomatas, a preocupação com a escalada dos confrontos entre Israel e Palestina, com numerosas baixas civis, foi discutida durante as conversações.

O chefe da ONU apelou à ‘redução da escalada do conflito para proteger as vidas dos civis, que morrem em circunstâncias absolutamente inaceitáveis.’

Em uma entrevista coletiva conjunta, Guterres expressou a intenção de retomar as consultas dos mediadores internacionais para o Oriente Médio (ONU, Estados Unidos, União Europeia e Rússia) em busca de uma solução para o conflito.

Também sobre a mesa para discussão estava a situação na Síria, Líbia, Afeganistão, Iêmen e Chipre, bem como a necessidade de fortalecer a cooperação em segurança internacional, o desenvolvimento sustentável, a luta contra a mudança climática e a pandemia de Covid-19.

A este respeito, o Ministro das Relações Exteriores russo enfatizou que ‘a melhor solução para todos os problemas’, é organizar negociações sobre a base sólida da Carta das Nações Unidas e o papel central da coordenação das Nações Unidas.

msm/mml/bm

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.