13 de August de 2022
nombre generico prensa latina

notícia

nombre generico prensa latina
Bandera portugal
Edição Portuguesa

NOTICIAS

Cidade colombiana de Cali vira epicentro da repressão contra greve

Cidade colombiana de Cali vira epicentro da repressão contra greve

Bogotá, 11 mai (Prensa Latina) A cidade colombiana de Cali amanheceu hoje com destruição e morte após os confrontos do dia anterior entre a polícia e os manifestantes envolvidos na greve nacional contra o governo.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

A escalada dos protestos confirmou a cidade como o epicentro da resposta oficial à cruzada popular contra as medidas do Executivo, como um projeto de lei fiscal que foi posteriormente retirado, noticiou a mídia local.

Os confrontos começaram no oeste da cidade ocidental quando o Esquadrão Móvel Anti-Manifestações começou a desmantelar as barricadas e bloqueios dos manifestantes, acrescentou a Caracol Noticias.

Grupos de manifestantes descontentes reagiram então a esta unidade especial da Segurança Cidadã da polícia, enquanto o som das detonações podia ser ouvido vindo de outras partes da cidade.

Embora as possíveis baixas entre as partes fossem desconhecidas, as ruas de Cali continuaram sitiadas por soldados e policiais ontem à noite, seguindo uma ordem do Presidente Iván Duque para pôr um fim às manifestações.

Essa situação coincidiu com o anúncio de Bogotá de que as mobilizações continuarão nesta quarta-feira, após o fracasso de uma reunião entre Duque e o Comitê Nacional de Greve.

Foi ‘uma reunião exploratória na qual não chegamos a acordos com o governo’, disse o Comitê em uma declaração após o diálogo na sede do executivo na Casa de Nariño.

Duque instruiu os ministros do Interior e da Defesa, Daniel Palacios e Diego Molano, respectivamente, a militarizar Cali e garantir ‘a maior mobilização possível de forças públicas’ ali.

O Vale de Cauca, do qual Cali é a capital do departamento, fechou suas fronteiras e restringiu o movimento de transporte e pessoas em resposta aos protestos que começaram em 28 de abril.

Jorge Iván Ospina, prefeito daquela cidade, disse que militarizar o país para enfrentar a greve contra o governo ‘é o caminho errado a se seguir’.

‘Uma situação militar criaria mais pontos problemáticos em todo o país e levaria a uma perda de governabilidade’, disse Ospina.

Ospina pediu uma busca pelas causas sociais do conflito, apesar da situação de ordem pública na cidade que ele lidera, e expressou seu medo de que reações como bloqueios de estradas pudessem aumentar.

Por sua vez, o senador Antonio Sanguino da Alianza Verde advertiu que o presidente Duque escolheu o caminho errado para resolver a crise em Cali.

Tal caminho, disse ele, é ‘fechar-se ainda mais no palácio e recorrer às forças de segurança, que agem junto com civis armados em violação dos direitos humanos’.

De acordo com a ONG Temblores, que atualiza e fundamenta os casos de violência nessas manifestações, 47 colombianos morreram durante esses 13 dias de manifestações.

jha/apb/vmc

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO
Logo Horizontal Prensa LAtina

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.