28 de November de 2021

NOTICIAS

Espanha reduz suas importações de petróleo em março

Espanha reduz suas importações de petróleo em março

Madri, 10 mai (Prensa Latina) As importações espanholas de petróleo atingiram 4,47 milhões de toneladas em março, uma diminuição de 11,7% em comparação com o mesmo mês em 2020, foi relatado hoje.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

De acordo com a Corporación de Reservas Estratégicas de Productos Petrolíferos (Cores), as compras de hidrocarbonetos no primeiro trimestre foram de 13,048 milhões de toneladas, uma queda de 12,7% em comparação com o mesmo período do ano passado.

Estas são as importações mais baixas para um primeiro trimestre desde 2011, disse a fonte.

No terceiro mês de 2021, 30 tipos de petróleo bruto foram adquiridos de 15 países, sendo a Nigéria o primeiro fornecedor com 1,294 milhões de toneladas e 28,9% do total.

Foi seguido pelo México, de onde foram importadas 510.000 toneladas, 11,4% do total e uma queda de 29% em relação a março de 2020.

A entrada de petróleo bruto dos membros da Organização dos Países Exportadores de Petróleo diminuiu, 11,5% em relação ao ano anterior, embora tenham representado 55,6% do total, a maior parte desde fevereiro de 2020.

Por região, a África foi a principal área de abastecimento no mês com 42,8% do total, apesar de registrar uma queda de 12,8% em relação ao ano anterior.

Atrás da África vieram a América do Norte (20,6%), Europa e Eurásia (18,1%) e o Oriente Médio (12,7%).

As compras espanholas de petróleo atingiram 54,85 milhões de toneladas em 2020, 17,3% abaixo do nível de 2019 e seu valor mais baixo desde 2011, de acordo com dados da Coresores.

mem/edu/bm

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.