6 de December de 2021

NOTICIAS

Castillo segue em primeiro e Fujimori cresce no Peru

Castillo segue em primeiro e Fujimori cresce no Peru

Lima 7 Mai (Prensa Latina) O candidato esquerdista Pedro Castillo mantém a primeira colocação e a neoliberal Keiko Fujimori cresce em uma nova votação de preferências com vistas à eleição para a presidência do Peru, em 6 de junho.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

O levantamento da empresa privada Datum atribui 41 por cento à Castillo, dois pontos a menos que na medição anterior de 30 de abril passado, o que significa estatisticamente, pela margem de erro, que ela mantém seu fluxo de apoio, segundo seu diretor, Urpi Torrado.

Sobre a possibilidade do professor rural ter atingido seu limite eleitoral, Torrado questionou, pois ele pode ter um ‘voto oculto’, como se chama a inibição dos pesquisados quando há uma campanha adversa como a de quase todos na mídia contra o requerente.

Fujimori, por sua vez, subiu dois pontos no mesmo período, o que, segundo o analista Gonzalo Banda, tende a normalizar a usual diferença em um segundo turno e confirma a percepção de que será uma eleição acirrada.

Segundo a Datum, Castillo mantém o primeiro lugar nas regiões Norte (40/35), Centro (55/23), Sul (63/21) e Leste (41/39), enquanto Fujimori prevalece em seu reduto, Lima (48 / 25).

A candidata aumenta seu apoio em todas as regiões e, curiosamente, só perde apoio em Lima, onde está a maioria dos eleitores a seu favor, e cai de 50 para 48 por cento, enquanto Castillo sobe de 23 para 25 por cento.

Fujimori mantém o primeiro lugar nos segmentos socioeconômicos A / B, com 58% contra 22% de Castillo, e C (42/30), enquanto o candidato de esquerda o supera nos mais numerosos setores D (45/34) e E (47/26).

De acordo com a Datum, a porcentagem de indecisos e cidadãos que pensam em votar em branco ou anular o voto permanece em 36%.

A campanha eleitoral é caracterizada por uma vasta campanha anticomunista a favor de Fujimori, realizada por quase todos os meios de comunicação, que visa desqualificar o candidato e amedrontar os eleitores para que não votem nele.

Essa campanha foi acompanhada hoje por um grupo de ex-Ministros do Interior de direita e ex-generais da Polícia, tornando essa posição pública em um comunicado público.

Castillo juntou-se esta semana ao apoio do bloco de esquerda Juntos pelo Peru, e assinou com sua líder, Veronika Mendoza, um acordo para reunir um movimento social para conseguir a vitória do professor rural e desenvolver um governo de mudança.

mgt/sra/jcfl

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.