28 de November de 2021

NOTICIAS

Ouvidoria colombiana contabiliza 24 mortes na crise atual

Ouvidoria colombiana contabiliza 24 mortes na crise atual

Bogotá, 6 mai (Prensa Latina) A Ouvidoria da Colômbia confirmou a morte de 24 pessoas no contexto dos protestos, de 28 de abril até hoje, dados que contradizem os relatórios de outras instituições.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

De acordo com o relatório, no final de ontem a população relatou 89 pessoas presumivelmente desaparecidas.

Acrescentou que a Ouvidoria, em coordenação com a Procuradoria Geral, verificou o comparecimento de 38 pessoas.

Também verificou a situação de 1.409 pessoas levadas às Unidades de Reação Imediata, delegacias de polícia e centros de transferência para proteção durante as manifestações.

A entidade relatou 38 membros das forças de segurança feridos e 21 Comandos de Atenção Imediata ‘vandalizados, a maioria deles em Bogotá’.

Assegurou que mediou a abertura de uma rota humanitária de Tocancipá, Cundinamarca, até Floridablanca, Santander, para permitir a passagem de oxigênio para o atendimento de 220 pacientes no Hospital Internacional da Colômbia, que necessitavam desse fornecimento.

A Ouvidoria explicou que durante este período acompanhou 493 manifestações em todo o país e ajudou 151 cidadãos com defensores públicos no exercício de seus direitos.

Também desenvolveu um total de 143 mediações e 83 mesas de diálogo, trabalho realizado por 400 membros de sua equipe.

Também apontou que um total de 82 corredores humanitários foram criados nas zonas de bloqueio em 18 departamentos para a passagem segura de comunidades, pessoal médico, veículos para combustível, alimentos, oxigênio, gás e atendimento a pessoas feridas.

Por outro lado, desde ontem, o Instituto de Estudos para o Desenvolvimento e a Paz contou 31 mortes desde o início da greve nacional, a maioria delas com menos de 24 anos de idade.

Também registrou 1.220 feridos, 18 com lesões nos olhos, 87 desaparecidos e 200 agressões por parte da polícia.

jcm/otf/bm

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.