5 de July de 2022
nombre generico prensa latina

notícia

nombre generico prensa latina
Bandera portugal
Edição Portuguesa

NOTICIAS

Lula comemorou a decisão de Biden sobre as vacinas anti-Covid-19

Lula comemorou a decisão de Biden sobre as vacinas anti-Covid-19

Brasília, 6 mai (Prensa Latina) A decisão do governo americano de apoiar a suspensão das patentes de vacinas anti-Covid-19 é hoje amplamente celebrada no Brasil e entre outras, destaca-se a opinião do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

‘Quero saudar esta decisão histórica do governo’ dos Estados Unidos, escreveu na rede social Twitter o fundador do Partido dos Trabalhadores (PT), defensor da igualdade de acesso aos antídotos desenvolvidos contra o coronavírus SARS-CoV-2, a causa do Covid-19.

Lula disse ontem à noite naquela plataforma que ‘desde 2020 temos defendido que a suspensão do monopólio de patentes é a única saída para a vacinação em massa de toda a população’.

Garantiu que ‘a saúde não pode ser comercializada’. A humanidade vencerá este vírus’, ele finalmente enfatizou.

Segundo o PT, a defesa da quebra de licenças representa uma mudança radical na tradição americana em relação à propriedade intelectual.

Indica que ‘coloca Biden, mais uma vez, no campo oposto ao de Jair Bolsonaro (Presidente do Brasil), cujo governo defende a manutenção da proteção em torno das patentes, já manifestada na Organização Mundial do Comércio (OMC)’.

Assim, diz a organização política, ‘a desajeitada diplomacia brasileira, que vai na direção oposta à do mundo em desenvolvimento, perde uma forte base de apoio: os Estados Unidos’.

Para o Partido dos Trabalhadores, ‘a quebra de patentes é uma bandeira de países como a Índia e a África do Sul dentro da OMC’.

Os analistas veem o apoio público de Biden como uma poderosa ferramenta diplomática que pode exercer grande influência sobre as empresas fabricantes.

Mesmo em países e blocos que suportam a necessidade de manter licenças, como a União Europeia.

Na semana passada, o Senado brasileiro aprovou um projeto de lei do Deputado Paulo Paim que permitiria o patenteamento de imunizadores patogênicos a serem rasgados.

O texto do projeto de lei afirma que a fabricação de testes diagnósticos e medicamentos com eficácia comprovada contra a doença durante a pandemia também pode ser temporariamente interrompida.

‘É necessário esperar, unir sonhos, caminhar lado a lado, salvar vidas’. Excedemos 400 mil mortes. A licença de patente para as vacinas Covid-19 é urgente’, disse Paim.

agp/ocs/bm

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO
Logo Horizontal Prensa LAtina

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.