7 de December de 2021

NOTICIAS

Air France-KLM registrou perdas severas no primeiro trimestre

Air France-KLM registrou perdas severas no primeiro trimestre

Paris, 6 de mai (Prensa Latina) A empresa Air France-KLM registrou hoje perdas econômicas de 1,5 bilhão de euros no primeiro trimestre de 2021, atribuídas ao impacto nos setores aeronáutico e turístico da pandemia Covid-19.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

De acordo com um comunicado da empresa que associa as companhias aéreas carro-chefe da França e da Holanda, no período de janeiro a março deste ano, as restrições de viagens em face do surto geraram uma queda de 57 por cento nos números de negócios da empresa.

Entretanto, o número de passageiros diminuiu 73,4 por cento, num cenário que a companhia espera começar a reverter para o verão.

A Air France-KLM anunciou que, por enquanto, o segundo trimestre não parece garantir melhorias significativas em sua situação.

Apesar do cenário complexo, o diretor financeiro da companhia aérea, Frédéric Gage, descartou uma crise de liquidez, critério amparado pela disponibilidade em 31 de março de 8,5 bilhões de euros de liquidez e linha de crédito.

No mês passado, a Air France-KLM passou por uma recapitalização, um processo pelo qual o estado francês dobrou sua participação em ações de 14 para 28,6 por cento.

Estimativas oficiais atribuem perdas de mais de sete bilhões de euros à empresa no ano passado, devido às consequências econômicas da pandemia.

Neste cenário, além do Estado francês, a empresa China Eastern, aumentou suas ações de 8,8 para 9,6 por cento, enquanto o governo holandês decidiu não participar do aumento de capital, então suas ações passaram de 14 para 9,3 por cento.

mem / wmr / fav

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.