8 de December de 2021

NOTICIAS

França entrou na primeira fase de flexibilização de restrições

França entrou na primeira fase de flexibilização de restrições

Paris, 3 mai (Prensa Latina) A França entrou hoje na primeira das quatro etapas planejadas pelo governo para flexibilizar as restrições estabelecidas antes da Covid-19, com a cessação da proibição de viagens a mais de 10 quilômetros de casa.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

A medida permite aos franceses viajar pelo território nacional sem a necessidade de um salvo-conduto, mas o toque de recolher decretado em dezembro continua em vigor entre 19:00 e 06:00, horário local, que será flexibilizado em outras fases do plano anunciado pelo Presidente Emmanuel Macron na semana passada.

Também nesta segunda-feira, os alunos de escolas e colégios voltaram às aulas presenciais, depois de fazê-lo no dia 26 de abril as crianças de creches e do ensino fundamental.

No período até 19 de maio, restaurantes e locais culturais (museus, teatros e cinemas) continuarão fechados, e o teletrabalho continuará a ser uma prioridade nas empresas.

Segundo o governo, a situação epidemiológica está melhorando e a campanha de vacinação está progredindo, o que explica a flexibilização das restrições, embora a situação tenha permanecido tensa, com uma média de mais de 27.000 casos de Covid-19 por dia e quase 5.600 pessoas em terapia intensiva.

De acordo com o plano do governo, em 19 de maio os terraços de restaurantes, museus, cinemas e teatros, que estão fechados desde 30 de outubro, poderão abrir, enquanto em 9 de junho a terceira fase começará com a possibilidade de que os restaurantes possam receber o público dentro de casa.

A etapa final está prevista para 30 de junho, quando terminará a limitação de um certo número de pessoas nos diversos estabelecimentos reabertos, um relaxamento que exclui as boates, que permanecerão fechadas até novo aviso.

Quanto ao toque de recolher, no dia 19 de maio começará às 21h00, horário local, no dia 9 de junho às 23h00 e no dia 30 do mesmo mês deixará de ser aplicado.

As medidas anunciadas dependerão da evolução da situação da saúde, insistiu Macron.

jf/wmr/bm

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.