6 de December de 2021

NOTICIAS

Tiroteio em Wisconsin deixa vitimas

Tiroteio em Wisconsin deixa vitimas

Washington 2 Maio (Prensa Latina) O FBI realiza hoje uma investigação sobre um tiroteio em Wisconsin, Estados Unidos, onde um homem armado matou duas pessoas e feriu gravemente outra e foi morto pela polícia.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

As forças da ordem vieram após saber do ataque em um restaurante do hotel Casino do Radisson, perto de Green Bay, no condado de Brown, onde a violenta ação ocorreu na madrugada de sábado.

‘Um policial atirou no suspeito e o matou, então não há mais uma ameaça para o público’, disse o tenente da polícia local Kevin Pawlak a repórteres.

Pawlak acrescentou que os tiros disparados pelo indivíduo foram ‘apontados’ para uma pessoa e que não foi um tiro aleatório, uma vez que o alvo era um funcionário que não estava presente, pelo que o indivíduo decidiu disparar contra os seus colegas ou conhecidos.

‘De repente, ouvimos uma explosão massiva, 20 a 30 tiros com segurança, corremos em direção à rodovia, cerca de 50 carros da polícia passaram, honestamente, foi uma loucura’, disse uma testemunha à televisão local WBAY-TV.

O governador de Wisconsin, Tony Evers, disse em um comunicado que ficou arrasado ao saber do tiroteio, mas não deu mais detalhes.

‘Enquanto esperamos por mais informações, oramos para que os feridos se recuperem e agradecemos os primeiros socorros que responderam rapidamente à situação’, acrescentou.

O evento se soma a uma série sem precedentes de atos violentos envolvendo o uso de armas de fogo nas últimas semanas no norte do país.

Neste ano, foram registrados 163 eventos desse tipo, pouco menos que o dobro dos 94 ocorridos no mesmo período de 2020, segundo dados da organização não governamental Archivo de Violencia con Armas.

Entre os eventos mais relevantes a esse respeito está a recente morte de Andrew Brown, assassinado por um policial no estado da Carolina do Norte, no que sua família e advogados descreveram como uma execução extrajudicial.

O incidente aconteceu um dia depois que Derek Chauvin foi condenado por assassinato de segundo grau, entre outras acusações, por matar George Floyd em maio de 2020.

Outro evento violento nos últimos dias foi a morte da adolescente afro-americana Ma’Khia Bryant, de 16 anos, nas mãos da polícia em Columbus, Ohio, entre outros incidentes que alimentaram o debate nos Estados Unidos sobre a necessidade de mais controle dinheiro da venda de armas de fogo.

agp/rgh/jcfl

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.