7 de December de 2021

NOTICIAS

Um 1ú de maio atípico na Argentina

Um 1ú de maio atípico na Argentina

Buenos Aires, 1ú mai (Prensa Latina) Argentina comemorará hoje outro 1ú de maio, o segundo em pandemia, com pronunciamentos e atos na Internet, nos quais a luta e os direitos da classe trabalhadora serão justificados.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Não haverá marchas e a emblemática Avenida de Mayo, que liga o Congresso à Casa Rosada, estará vazia, embora neste sábado sejam esperadas várias iniciativas em redes sociais de coletivos que lembrarão este dia de luta, resistência e reivindicações por melhores condições de trabalho.

Na Central de Trabajadores da Argentina (CTA) desde ontem, o movimento é sentido em redes sociais como o Twitter, onde ele aponta que ‘hoje é o limite de tempo para cuidar da saúde acima de tudo’. Os trabalhadores defendem a vida.

Enquanto isso, o CTA Autônomo liberou uma carta de seus membros mais jovens, na qual eles convidam seus compatriotas a serem protagonistas ‘da mudança mais urgente no modo de vida de um sistema em decomposição’. Nós nos exortamos a construir uma força social com o mais forte dos materiais: a unidade de classe’.

Várias são as proclamações e exigências em uma data tão significativa como hoje e em tempos tão complexos com uma pandemia de Covid-19 que mantém o mundo sob controle.

Um dos pronunciamentos neste país vem da mão de outra central de trabalhadores, a Confederação Geral do Trabalho, que destaca a presença do Estado para o fortalecimento do emprego formal e da previdência social.

‘O trabalho será sempre um elemento central de nossa vida em sociedade. Vamos celebrá-lo e protegê-lo’, diz o sindicato.

Um grande movimento é esperado para este dia nas redes sociais, onde vários setores – entre eles os coletivos feministas – liderarão várias iniciativas, nas quais haverá uma saudação e um abraço aos médicos, às forças de segurança e a muitos outros que hoje lutam, a partir de seus postos, o Covid-19.

jf/may/bm

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.