1 de December de 2021

NOTICIAS

Brasil virtualmente vai comemorar 1ú de maio

Brasil virtualmente vai comemorar 1ú de maio

Brasília, 1 Mai (Prensa Latina) O Dia Internacional do Trabalhador será comemorado hoje pelo terceiro ano consecutivo de forma virtual no Brasil sob reivindicações de vida, democracia, emprego, vacina contra o Covid-19 para todos e ajuda emergencial diante da pandemia.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Esta data será comemorada sem os tradicionais atos de rua, mas com discursos e shows musicais veiculados na televisão, redes sociais e outras plataformas da internet, diante do patógeno que causou mais de 403 mil mortes e afetou cerca de 15 milhões de infectados.

A calamidade sanitária obriga-nos a manter o rigor do isolamento social e as maiores centrais sindicais do país vão se reunir neste sábado nas celebrações em defesa do emprego e da renda dos trabalhadores.

Também na manifestação digital, organizada pela Central Única de Trabalhadores (CUT), Força Sindical, entre outras associações de trabalhadores e movimentos populares, os dirigentes sindicais buscarão articular uma frente ampla em prol da democracia.

No palco virtual, serão ouvidos os discursos dos ex-presidentes Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff, além de políticos de outras tendências.

‘É muito importante que o movimento sindical brasileiro dê o exemplo e mostre ao Brasil e ao mundo que, principalmente diante da tragédia da pandemia e de um governo federal autoritário e genocida, superamos problemas e colocamos de lado nossas diferenças’, disse o presidente da CUT, Sérgio Nobre.

Nesse sentido, destacou, ‘para defender a vida, a democracia, o emprego, a vacina, o socorro emergencial de 600 reais (US $ 108)’.

Ele insistiu que não há tarefa mais importante para a classe trabalhadora do que derrotar o presidente Jair Bolsonaro e que ‘o Brasil retome o caminho da democracia, do crescimento, do emprego de qualidade, dos direitos, das liberdades. Este é um programa comum do movimento sindical’.

Para Nobre, esta é uma data para refletir, resgatar nossas lutas, debater com nossas bases, nos fortalecer e preparar estratégias para os enfrentamentos presentes e futuros ‘.

jha/ocs/jcfl

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.