27 de November de 2021

NOTICIAS

Venezuela celebrará a beatificação do Dr. José Gregorio Hernández

Venezuela celebrará a beatificação do Dr. José Gregorio Hernández

Caracas, 30 de abril (Prensa Latina) O núncio apostólico na Venezuela, Aldo Giordano, presidirá hoje o ato de beatificação do Dr. José Gregorio Hernández (1864-1919), previsto para a igreja do Colégio La Salle nesta cidade.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

A cerimónia será amplamente difundida por estações de televisão públicas e privadas do país, bem como meios digitais, de forma a permitir à comunidade católica e ao público em geral apreciar o desenvolvimento do evento, que terá um número reduzido de convidados devido à situação de pandemia.

Em junho de 2020, a Congregação para a Causa dos Santos do Vaticano promulgou o decreto com a autorização do Papa Francisco para beatificar o laico venezuelano.

O Sumo Pontífice descreveu ontem José Gregorio Hernández como ‘um modelo de santidade comprometido com a defesa da vida, com os desafios da história e como paradigma de serviço ao próximo, (…) um homem de serviço universal’.

Em uma mensagem divulgada pelo Vaticano, Francisco fez votos para que nenhuma intervenção estrangeira impeça os venezuelanos de avançar em direção à reconciliação e unidade nacional.

‘Rogo, queridos irmãos e irmãs, que o novo beato inspire, em particular, todos os dirigentes, (…) sindicatos, acadêmicos, políticos, empresários, religiosos, universitários, (…) a trabalhar seriamente na realização de uma unidade operacional ‘, disse o papa.

Da mesma forma, a Santa Sé nomeou o Dr. José Gregorio Hernández co-patrocinador do Ciclo de Estudos em Ciências da Paz da Pontifícia Universidade Lateranense.

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, agradeceu ao Papa Francisco a mensagem de paz e convidou a população a acompanhar de suas casas a cerimônia de beatificação de Hernández, venerada na nação sul-americana como santo do povo e médico dos pobres.

Por sua vez, a Assembleia Nacional (Parlamento) concordou em declarar o Dia de Júbilo no dia 30 de abril em homenagem ao novo beato venezuelano, de quem reconheceu o legado como cidadão, pesquisador, homem de ciência e fé.

A intercessão de José Gregorio Hernández atribuiu o milagre da salvação de uma menina de 10 anos que foi baleada em 10 de março de 2017 durante um assalto no estado de Guárico, que abriu as portas para o processo de beatificação.

Hernández nasceu em 26 de outubro de 1864 na cidade de Isnotú, estado de Trujillo, filho de pais de descendência canária e colombiana, e em 1888 formou-se médico pela Universidade Central da Venezuela.

Posteriormente, ampliou seus estudos em Paris, França, para contribuir com a modernização das ciências médicas no país sul-americano.

Os relatos de sua vida apontam para ele como testemunho de generosidade, caridade, solidariedade para com os pobres e desfavorecidos.

Ele morreu de um golpe na cabeça na beira de uma calçada após ser atropelado por um carro na cidade de La Pastora, em Caracas, aos 54 anos.

oda / wup / cc

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.