30 de November de 2021

NOTICIAS

Fabricante de vacinas AstraZeneca dobra os lucros em 2021

Fabricante de vacinas AstraZeneca dobra os lucros em 2021

Londres, 30 abr (Prensa Latina) A empresa farmacêutica anglo-sueca AstraZeneca anunciou hoje que dobrou seu lucro líquido no primeiro trimestre de 2021, embora tenha ganho apenas 275 milhões de dólares com a venda da vacina contra a Covid-19, de acordo com a empresa.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

De acordo com o relatório divulgado na sexta-feira, de janeiro a março deste ano, a empresa teve lucro líquido de 1,56 bilhões de dólares, comparado a 780 milhões no mesmo período do ano passado.

No total, a AstraZeneca ganhou US$ 7,32 bilhões, 15,2% a mais do que no primeiro trimestre de 2020.

Tivemos um progresso sólido no primeiro trimestre de 2021 e continuamos a progredir com nossa carteira de medicamentos que mudam a vida das pessoas, disse o CEO da transnacional, Pascal Soriot, citado na declaração enviada à bolsa de valores.

O executivo atribuiu à venda de novos medicamentos contra o câncer a maior parte do crescimento econômico ‘robusto’ registrado durante o período, enquanto a vacina Covid-19 desenvolvida com a Universidade de Oxford teria contribuído com apenas 4% da receita total.

De acordo com a empresa farmacêutica, até o presente ano, ela distribuiu apenas 68 milhões de doses do produto conhecido como AstraZeneca/Oxford, um dos primeiros a ser aplicado no mundo contra a doença causada pelo coronavírus SARS-CoV-2.

Das doses totais, acrescentou, 26 milhões foram entregues ao Reino Unido, que reservou 100 milhões, enquanto os 42 milhões restantes foram distribuídos entre a União Europeia (30), o programa GAVI que fornece a droga para países pobres (sete) e o restante para outras nações.

Vários países suspenderam ou restringiram o uso da vacina AstraZeneca/Oxford após vários casos de trombose terem sido relatados em pessoas que receberam a injeção, mas tanto os reguladores de drogas britânicos quanto os europeus recomendaram seu uso, dizendo que os benefícios superavam os riscos.

oda/nm/bm/gdc

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.