29 de November de 2021

NOTICIAS

África do Sul exige o fim do bloqueio dos EUA a Cuba

África do Sul exige o fim do bloqueio dos EUA a Cuba

Pretória 30 Abr (Prensa Latina) Ronald 'Ronnie' Kasrils, destacado veterano sul-africano contra o apartheid, exigiu o fim imediato do bloqueio econômico, comercial e financeiro que os Estados Unidos impõem a Cuba há quase 60 anos.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Estou particularmente orgulhoso de que a África do Sul, o país de Nelson Mandela, apoie plenamente o povo cubano e seja contra o bloqueio criminoso dos Estados Unidos contra Cuba, disse à Prensa Latina.

O bloqueio, as sanções impostas desde a época de John Kennedy até aos dias de hoje, argumentou o também ex-ministro dos Serviços de Inteligência da África do Sul (Segurança do Estado) e ex-vice-ministro da Defesa, é corretamente considerado uma imposição criminosa, e dessa forma é votado anualmente na ONU.

Nesse fórum, continuou, vimos 189 países apoiarem repetidamente a resolução cubana que rejeita o bloqueio dos Estados Unidos, com apenas dois contra: os Estados Unidos e seu aliado, Israel.

Esta política de Washington contra o povo cubano viola as resoluções das Nações Unidas, os direitos humanos e o direito internacional e, portanto, destacou Kasrils, deve ser eliminada.

Há alguns anos, lembrou ele, saudamos as ações do ex-presidente Barack Obama ao abrandar essas restrições, mas depois vimos o supremacista branco e racista Donald Trump impô-las novamente.

Agora, no 59ú ano da implementação dessas sanções comerciais, financeiras e econômicas, que limitam os suprimentos médicos no confronto do Covid-19, esperamos que o presidente Joe Biden siga o caminho de Obama e acabe de uma vez por todas. Tudo com isso sanções penais, esse sujo bloqueio a Cuba, reafirmou Kasrils.

Por quase 60 anos, quando o então presidente dos Estados Unidos, John Fitzgerald Kennedy, anunciou o absurdo bloqueio, o povo sul-africano que lutou pela liberdade liderado pelo ANC e pelo Partido Comunista apoiou plenamente o povo cubano e sua Revolução, a lembrou o veterano lutador anti-apartheid.

A eliminação do bloqueio, reafirmou, é a coisa certa a fazer, é do interesse dos povos dos Estados Unidos e de Cuba, assim como do resto do mundo que quer fazer justiça.

Entre outras altas responsabilidades do governo, após a derrubada do regime de segregação racial, Kasrils ocupou os cargos de Ministro dos Recursos Hídricos, membro do Comitê Executivo Nacional do Congresso Nacional Africano (ANC), bem como membro do Comitê Central do o Partido Comunista da África do Sul (SACP).

Ele escreveu vários livros e inúmeros artigos sobre política, defesa, uso dos recursos hídricos e florestais, bem como poesia.

mem/mv/jcfl/gdc

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.