18 de May de 2022
nombre generico prensa latina

notícia

nombre generico prensa latina
Bandera portugal
Edição Portuguesa

NOTICIAS

Corte da ajuda britânica afeta o programa da ONU em países pobres

Corte da ajuda britânica afeta o programa da ONU em países pobres

Londres, 29 abr (Prensa Latina) O Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA) advertiu que a decisão do governo britânico de cortar sua ajuda ao desenvolvimento terá um impacto devastador em seu programa de planejamento familiar em países pobres.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Segundo a organização, o Reino Unido informou ao UNFPA em um comunicado que reduzirá sua contribuição para a agência de saúde sexual e reprodutiva em 85%, o que significa que, em vez dos 211 milhões de dólares prometidos, só entregará 23 milhões de dólares este ano.

Esta redução será devastadora para mulheres e meninas e suas famílias em todo o mundo, disse o UNFPA, argumentando que os US$ 180 milhões que faltam poderiam evitar 250.000 mortes maternas e infantis, 14,6 milhões de gravidezes indesejadas e 4,3 milhões de abortos inseguros. Embora reconhecendo a difícil situação econômica enfrentada pelos países doadores devido à pandemia de Covid-19, a agência da ONU lamentou que seu maior contribuinte tenha decidido renegar seus compromissos em um momento em que as desigualdades estão se aprofundando e a solidariedade internacional é mais do que nunca necessária.

O governo conservador britânico anunciou em novembro passado que vai cortar sua ajuda ao desenvolvimento em cerca de cinco bilhões de dólares devido ao impacto econômico da Covid-19.

Segundo o Ministro da Fazenda, Rishi Sunak, durante a apresentação ao Parlamento do projeto de orçamento para este ano fiscal, ao invés do equivalente a 0,7% do Produto Interno Bruto estabelecido por lei, o Reino Unido contribuirá com 0,5% em 2021, embora com a promessa de voltar ao número anterior assim que as condições o permitirem.

A decisão é criticada por organizações não governamentais e instituições de caridade, líderes religiosos como o Arcebispo de Cantuária e legisladores de todo o espectro político britânico como contribuindo para o terrorismo, a migração e o problema dos refugiados nas regiões mais pobres do mundo.

Embora o governo britânico ainda não tenha publicado a lista dos países e instituições afetados ou o montante dos cortes, o jornal Independent afirmou na semana passada que a Síria, Somália, República Democrática do Congo, Líbia, Nigéria e Líbano perderão mais da metade de seu financiamento. mem/nm/bm

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO
Logo Horizontal Prensa LAtina

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.