28 de November de 2021

NOTICIAS

Manifestações na Itália contra o bloqueio norte-americano a Cuba

Manifestações na Itália contra o bloqueio norte-americano a Cuba

Roma, 24 de abr (Prensa Latina) Os cubanos e italianos reclamam hoje neste país o fim do bloqueio econômico, comercial e financeiro imposto pelos Estados Unidos à ilha, no âmbito da caravana global 'Pontes de amor'.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

A mobilização, convocada pela Coordenadora Nacional de Moradores de Cuba na Itália (Conaci), contou com o apoio do movimento de solidariedade com a nação caribenha e outras organizações políticas e sociais.

Nesta capital, a manifestação incluiu passeatas nos parques Villa Borghese, a norte, e EUR, a sul, onde os participantes prestaram homenagem a José Martí, antes de partirem em caravanas para a praça central de Santa Prisca, onde juntou-se a outros manifestantes.

Num clima de grande entusiasmo e cor, a multidão reunida naquele local ergueu bandeiras e estandartes, gritou palavras de ordem, cantou, dançou e exigiu pela imediata e incondicional eliminação do cerco mantido pelos Estados Unidos contra Cuba há quase seis décadas.

Em Milão, o palco da manifestação foi a Plaza 24 de Mayo, onde, em clima semelhante, falou a presidente da Conaci, Ada Galano, denunciando os danos causados ao povo cubano pela política de isolamento dos sucessivos governos dos Estados Unidos e agradecendo a aos italianos pela solidariedade.

Ações de protesto contra o bloqueio também foram organizadas por cubanos residentes em outras cidades como Turim, Pádua e Veneza, apesar das restrições à mobilidade e aos contatos interpessoais vigentes em todo o país devido ao confronto com a pandemia Covid-19.

agp/fgg/kl

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.