18 de May de 2022
nombre generico prensa latina

notícia

nombre generico prensa latina
Bandera portugal
Edição Portuguesa

NOTICIAS

América Latina aumentará custos médicos em 2021

América Latina aumentará custos médicos em 2021

Londres 22 Abr (Prensa Latina) A pesquisa global de tendências médicas confirma hoje a América Latina em primeiro lugar entre as regiões com maiores cifras de gastos médicos, projetando uma inflação de 13,6% para 2021.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

A pesquisa da consultoria inglesa Willis Towers Watson indica que a América do Norte ficará muito próxima do segundo lugar, enquanto a Ásia-Pacífico ficará em terceiro e depois o Oriente Médio, a deixar a melhor sede para a Europa que fechará a lista com a taxa mais baixa na tendência de custo.

Abordar o urgente e adiar tudo o que não implicasse uma emergência foi a constante no sistema de saúde da maioria dos países do mundo durante 2020, devido ao rápido avanço da pandemia do Covid-19, indicou o pesquisador.

Essa decisão é agora um dos elementos para gerar um aumento nos custos médicos em 2021, que a América Latina vai liderar com um aumento projetado de 13,6 por cento, em comparação com o ano passado.

De acordo com o estudo Global Medical Trends de Willis Towers Watson, o adiamento dos tratamentos causados pela pandemia levaria ao agravamento das condições de saúde e a alguns aumentos inesperados de custos.

Para essa consultoria, é uma tendência que pode se estender além de 2021, mas este ano em particular influenciará as despesas médicas junto com uma maior taxa de inflação médica global, estimada em mais de 8%.

Ao revisar os países da região que mais contribuirão para essa tendência, a pesquisa global – que omite o resultado da Venezuela devido ao impacto de sua realidade política e econômica – destaca a Argentina com um aumento da inflação médica para 60,5 por cento.

Seguir-se-ão Porto Rico, Nicarágua, Equador, Guatemala, Brasil e México, enquanto Chile, Colômbia, El Salvador, Peru e Panamá terão os melhores resultados, registrando taxas de inflação semelhantes aos níveis de 2019 e que não implicarão em aumento considerável em relação a ano passado.

msm/crc/jcfl

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO
Logo Horizontal Prensa LAtina

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.