7 de December de 2021

NOTICIAS

Promovem diálogo no Uruguai para superar a pandemia Covid-19

Promovem diálogo no Uruguai para superar a pandemia Covid-19

Montevidéu, 18 abr (Prensa Latina) Os líderes científicos, sociais, jornalísticos e religiosos do Uruguai continuaram hoje no esforço de 'construir pontes para superar a situação atual' que desencadeou a pandemia Covid-19 e seu impacto econômico.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Os 40 signatários do documento Diálogo para a Vida acordaram em encontro virtual ‘gerar um espaço de reflexão em relação à crise de saúde que atravessa o país’. Para isso, se propuseram a promover uma área que permita encontrar pontos de concordância na compreensão de viver um momento muito difícil para a sociedade uruguaia.

‘A crise de saúde se agravou e as perspectivas de continuar neste caminho não são animadoras e o alto impacto global nas vidas humanas pode ser evitável’, compartilharam.

Nesse sentido, destacaram que cientistas e entidades profissionais de saúde apontaram que o país vive um crescimento exponencial de casos Covid-19 que põe em risco a assistência à saúde.

‘No plano político, o diálogo entre o governo e a oposição tem grandes dificuldades para se concretizar a ponto de as autoridades subestimarem sua utilidade’, afirmaram, ao defender a obtenção de um acordo que una a sociedade em torno de uma estratégia compartilhada.

O documento foi assinado por dirigentes da central sindical Pit-Cnt e sindicatos de médicos e professores, autoridades de diversas confissões religiosas, influentes comunicadores da mídia, exaltados funcionários e personalidades como o ex-chanceler Enrique Iglesias.

jha / hr / db

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.