30 de November de 2021

NOTICIAS

Partido Comunista avalia e atualiza a política econômica de Cuba

Partido Comunista avalia e atualiza a política econômica de Cuba

Havana, 17 abr (Prensa Latina) Os delegados do 8ú Congresso do Partido Comunista de Cuba (PCC) aprovaram hoje uma proposta de resolução para atualizar as Diretrizes de Política Econômica e Social que serão aplicadas no próximo quinquênio.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Este documento, aprovado pela primeira vez na reunião partidária de 2011, constitui a base das medidas socioeconômicas adotadas pela nação caribenha e traça, por exemplo, o percurso da chamada Tarefa de Ordenação que vem sendo aplicada desde 1ú de janeiro.

Esta proposta de resolução e outra sobre a conceituação do modelo econômico e social cubano de desenvolvimento socialista serão discutidas e aprovadas durante a sessão plenária deste conclave que se estenderá até 19 de abril.

Por outro lado, a comissão que avalia estas questões abordou também os temas centrais do Relatório Central apresentado ontem pelo primeiro secretário do PCC, Raúl Castro.

Na opinião do vice-primeiro-ministro, Jorge Luis Tapia Fonseca, o texto inclui temas transcendentais ‘nos quais não podemos errar e nos deixa traçados o caminho para o futuro’.

Quanto à necessidade de aumentar a eficiência do sistema empresarial e da produção em Cuba, questões também expostas no relatório do primeiro secretário, os delegados concordaram sobre a importância de uma decolagem antecipada.

‘Muitas vezes por falta de recursos, em vez de nos concentrarmos em buscá-los e trabalhar com eficiência, dizemos que não há dinheiro e que isso não pode ser feito’, sublinhou o vice-primeiro-ministro, Alejandro Gil.

O também chefe de Economia e Planejamento defendeu o banimento dessa mentalidade e pediu a aplicação de ideias que permitam gerar, ao invés de pedir.

Por sua vez, a Vice Primeira Ministra, Inés María Chapman, exortou toda a militância a trabalhar em conjunto e debater o Informe Central na base e instou a que cada um cumpra o papel que lhe é atribuído para alcançar a defesa da sociedade socialista.

Os delegados asseguraram ainda que a disciplina, o combate à ilegalidade e a corrupção são também elementos prioritários para aumentar a eficiência do sistema empresarial.

Durante este segundo dia, outras comissões debateram sobre o funcionamento do Partido, a sua estrutura, o papel das novas gerações e o trabalho ideológico na organização política.

Sobre esta questão, os participantes do conclave destacaram a importância da cultura e do domínio da história face aos planos de subversão contra a ilha.

‘A grande maioria dos artistas e intelectuais cubanos tem acompanhado o processo revolucionário, por isso não se confunda nas redes sociais, por mais eficientes que pareçam, aqui a Revolução está na rua e no coração do povo’, disse o renomado escritor Miguel Barnet.

Por sua vez, o diretor da Casa de las Américas, Abel Prieto, destacou que a crise contemporânea e cultural está voltada para transmitir uma mensagem sobre a importância do presente, ‘fazer crer que tudo o que é velho foi descartado, é algo que passou fora de moda e este é um elemento que o inimigo usa. ‘

O congresso do PCC é o acontecimento político mais importante da ilha e esta oitava edição coincide com o 60ú aniversário da proclamação do caráter socialista do processo revolucionário e a derrota da invasão mercenária de Playa Girón, armada e financiada pelo Estados Unidos.

ga / idm / db

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.