1 de December de 2021

NOTICIAS

Panamá continua com estudo de vacina alemã contra Covid

Panamá continua com estudo de vacina alemã contra Covid

Panamá, 15 de abr (Prensa Latina) Mais de três mil voluntários participam hoje no Panamá do estudo clínico de fase três da vacina alemã Curevac contra Covid-19, com o objetivo de avaliar sua segurança e eficácia.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Segundo o Dr. Xavier Sáez-Llorens, a nação Isthmus faz parte deste projeto desde o último dia 30 de setembro de 2020, dada a experiência, trajetória e colaboração na análise de vacinas candidatas.

Ele especificou que apesar da aprovação no país do uso emergencial de outros medicamentos para o combate à doença, a pesquisa segue seu curso com sucesso.

‘Vamos confirmar as informações sobre sua eficácia ao longo do tempo assim que tivermos mais dados dos estudos, e será possível confirmar se será necessário repetir as vacinas anualmente ou com as duas primeiras doses será suficiente’, disse o infectologista. disse.

Segundo a Secretaria Nacional de Ciência e Tecnologia, uma das instituições envolvidas no ensaio, a participação de voluntários maiores de 18 anos foi necessária para avaliar também as afetações graves que causam internações e outras complicações.

Anteriormente, o país centro-americano realizava a segunda fase dos estudos do Curevac, que envolveu 333 pessoas após a aprovação do Comitê Nacional de Bioética e Pesquisa para realizar a pesquisa, que também inclui Espanha, Alemanha, Holanda, Bélgica, México, Peru, Argentina, Colômbia e República Dominicana.

Na opinião de especialistas locais, a pesquisa científica no Panamá tem mais de 20 anos de experiência, com importantes avanços nos programas de vacinação e inclusão de vacinas no Programa Ampliado de Imunização.

Desde a detecção do primeiro caso da Covid-19, em março do ano passado, o país acumula um total de 359.516 infecções, 6.177 óbitos e 465 internados, sendo 61 em unidades de terapia intensiva.

No entanto, as estatísticas do Ministério da Saúde refletem uma queda nesses indicadores nos últimos dois meses, por isso as autoridades de saúde instaram a população a manter medidas de biossegurança para evitar uma terceira onda de infecções.

agp / npg / fav

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.