Interior Sudamérica

La Paz, 22 de maio (Prensa Latina) O embaixador da Bolívia junto à Organização dos Estados Americanos (OEA), Diego Pary, denunciou as ações dos países do chamado Grupo de Lima contra a Venezuela.


Buenos Aires, 22 de maio (Prensa Latina) Após uma manhã de incidentes pesados,metroviários da capital argentina suspenderam todos os serviços indefinidamente até que sejam liberados membros da categoria, detidos pela pela polícia hoje.


Buenos Aires, 22 mai (Prensa Latina) Um grupo de renomadas artistas argentinas lideram hoje uma comovente campanha com o primeiro de 10 anúncios publicitários em apoio ao aborto legal, seguro e gratuito no país.


Caracas, 22 de maio (Prensa Latina) Venezuela condenou hoje as novas medidas unilaterais impostas contra o país pelo presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, menos de 24 horas de antecedência do anúncio da reeleição presidencial de Nicolas Maduro.


Brasília, 22 mai (Prensa Latina) A pré-candidatura presidencial de Luiz Inácio Lula da Silva será lançada no próximo domingo em cerca de três mil municípios brasileiros onde o Partido dos Trabalhadores (PT) conta com diretórios organizados.


Caracas, 22 mai (Prensa Latina) A validade dos resultados emanados das urnas nas eleições presidenciais e de conselhos legislativos regionais realizadas em 20 de maio na Venezuela contam hoje com o reconhecimento de observadores internacionais participantes no processo.


La Paz, 22 mai (Prensa Latina) O presidente boliviano Evo Morales condenou a decisão unilateral do Governo dos Estados Unidos, de impor um novo bloqueio econômico à Venezuela depois da vitória de Nicolás Maduro nas eleições de domingo.


Buenos Aires, 21 mai (Prensa Latina) Com uma convocação compartilhada, melhoras para a educação e a convocação a uma negociação salarial nacional, educadores de toda Argentina partiram hoje de diferentes pontos em uma Marcha Federal Docente até a Praça de Maio.


Caracas, 21 mai (Prensa Latina) O Conselho Nacional Eleitoral (CNE) da Venezuela emitiu hoje dados atualizados do processo eleitoral que ratificam Nicolás Maduro como presidente, com 67,76 por cento de respaldo popular.


Brasília, 21 mai (Prensa Latina) A candidatura de Luiz Inácio Lula da Silva não pode ser impedida antecipadamente, como defendem diversos integrantes do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), admitiu hoje a presidenta do Corte Suprema do Brasil, Cármen Lúcia.