Minuto a minuto

Caracas, 21 jan (Prensa Latina) Apesar das pressões do Parlamento de maioria opositora, na semana que conclui hoje o governo bolivariano continuou impulsionando políticas de benefício social e mecanismos para reforçar a economia.


Pequim, 21 jan (Prensa Latina) Mais de 82 por cento das aldeias rurais de Chinesa contam hoje com a rede de fibra óptica, conhecido como Internet de banda larga, assegurou o Ministério de Indústria e Tecnologia Informática (MITI).


Bayamo, Cuba, 21 jan (Prensa Latina) Com sua melhor carta de triunfo, o direito Lázaro Blanco, Granma procurará hoje a terceira vitória no grande final do campeonato cubano de beisebol, enquanto seu rival, Ciego de Ávila, tentará ganhar pela primeira vez na série.


Havana, 21 jan (Prensa Latina) Mais de 25 pesquisadores cubanos receberão hoje nesta capital a Ordem Carlos J. Finlay por seus méritos e contribuição ao desenvolvimento da sociedade.


Cairo, 21 jan (Prensa Latina) Para Egito, a solução ideal ao atual conflito em Líbia passa pela implementação do acordo de Skhirat, assinado em 2015 nessa cidade de Marrocos, reafirmou hoje no Cairo o ministro de Relações Exteriores Sameh Shoukry.


21 de enero de 2017, 09:38Singapura, 21 jan (Prensa Latina) As máximas autoridades de Singapura felicitaram hoje a Donald Trump por sua posse como presidente de Estados Unidos, país com o que as relações desta cidade-estado são amplas.


Roma, 21 jan (Prensa Latina) Ao menos 16 pessoas morreram e outras 39 resultaram feridas em um acidente de um ônibus húngaro, na autopista que enlaça as cidades de Verona e Veneza, se informou hoje aqui.


Moscou, 21 jan (Prensa Latina) O Comitê Nacional Antiterrorista (CNA) anunciou hoje a realização de uma operação com forças especiais em Vpered, na região de Kizliarsk, localizada na república russa de Daguestán.


Buenos Aires, 21 jan (Prensa Latina) Um sismo de 4,9 graus na escala de Richter registrou-se hoje na cidade de San Carlos, na província argentina de Mendoza, sem que se reportassem danos.


Pequim, 21 jan (Prensa Latina) Catorze pessoas foram sepultadas por um deslizamento de terras em uma localidade no centro da China, divulgam hoje autoridades locais.